Pablo Neruda: “se nada nos salva da morte, pelo menos que o amor nos salve da vida”

Pablo Neruda

“Se nada nos salva da morte, pelo menos que o amor nos salve da vida”.

Pablo Neruda (1904-1973) foi um poeta chileno, um dos mais importantes da língua espanhola e reconhecido com o prémio Nobel da literatura. Em 1921, mudou-se para Santiago do Chile e estudou pedagogia na universidade local. Em 1927, iniciou uma longa carreira diplomática, sendo nomeado cônsul em Rangum, na Birmânia. Nas suas múltiplas viagens, conheceu o poeta espanhol Federico Garcia Lorca. Em 1965, recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela universidade de Oxford, Grã-Bretanha. Em outubro de 1971, recebeu o Nobel de literatura. Após receber este prémio, Neruda foi convidado por Salvador Allende para ler perante mais de 70 mil pessoas, no Estádio Nacional do Chile. Morreu em Santiago, em 23 de setembro de 1973.

Anúncios