Bertrand: a mais antiga livraria do mundo fica no Chiado (em Lisboa)

Livraria Bertrand

A livraria Bertrand do Chiado é a mais antiga livraria do mundo em atividade, de acordo com o Guiness Word Records: está aberta há mais de 280 anos! Foi fundada em 1732, por Pedro Faure, um francês radicado em Lisboa, com duas filhas casadas com dois irmãos de apelido Bertrand. Quando Pedro Faure faleceu, em 1753, a sociedade “Faure & Irmãos Bertrand” passou a chamar-se apenas “Irmãos Bertrand”. A livraria Bertrand do Chiado transformou-se, ao longo dos tempos, numa popular tertúlia lisboeta, frequentada por escritores como Alexandre Herculano, Eça de Queirós, Antero de Quental e Ramalho Ortigão. José Fontana, um dos fundadores do Partido Socialista Português e sócio-gerente da livraria Bertrand, aí se suicidou em 1876, com apenas 35 anos de vida e atormentado por uma tuberculose. Já no século XX, foi pouso habitual de Aquilino Ribeiro, Urbano Tavares Rodrigues e José Cardoso Pires. O grupo de livrarias Bertrand foi adquirido, em 2010, pela Porto Editora e atualmente é composto por meia centena de livrarias, espalhadas por Portugal e Espanha.